[layerslider id="15"]

Um Filho Nas Forças Armadas Pode Ajudar a Legalização

Um Filho Nas Forças Armadas Pode Ajudar a Legalização
24 ago 2018

CAPA BRAZILUSA SWFLORIDA ED 22Mesmo dos pais que entraram ilegal no País. Mesmo que você tenha ordem de deportação poderá ter esse benefício.

Membros de família de militares ou veteranos podem solicitar um “Parole in Place” ou um “Deferred Action” que lhes permitam obter sua residência permanente nos Estados Unidos.
Os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS) divulgaram uma nota em 15 de novembro de 2013 para o público em geral, sobre como os membros de família de militares e veteranos americanos podem se beneficiar de um novo programa que concede um “parole in place” e “deferred action”.
Com o “Parole in Place”, indivíduos que têm filho(a) ou pais nas forcas armadas dos EUA podem obter sua residência permanente nos Estados Unidos, mesmo que tenham entrado ilegalmente no país e mesmo se a pessoa militar tiver morrido ou não estiver mais ativo nas forcas armadas. Se alguém na sua familia (pais ou filhos) é militar ou veterano, você poderá solicitar um “Parole in Place” ou um “Deferred Action”, que permitirá aplicar para sua residência permanente nos Estados Unidos.
É importante notar que esse benefício também se aplica a militares em uma unidade de reserva.
Por que o Parole in Place ou o Deferred Action são benéficos para uma pessoa que é ilegal nos Estados Unidos?
1) Vamos supor que uma pessoa entrou nos EUA ilegalmente e tem um filho de 21 anos que nasceu aqui sendo assim cidadão americano, mas nunca foi beneficiário de quaisquer petições familiares anteriores. Para essa pessoa obter sua residencia permanente, ela teria que viajar para o seu país e esperar dez anos antes de poder entrar nos EUA novamente, com base em uma petição familiar do filho cidadão americano. No entanto, se esse filho entra nas forças armadas americanas, essa pessoa pode agora solicitar um Parole in Place. Se aprovado, essa pode aplicar para residência nos EUA sem ter que retornar ao seu país e esperar dez anos por lá.
2) Vamos agora supor que o filho dessa pessoa tem dezoito anos quando ele entra no exército dos EUA. Já sabemos que um filho cidadão americano tem que ter pelo menos 21 anos para poder aplicar para residência permanente do pai ou mãe. Porém agora, depois de obter um “Parol in Place”, essa mesma pessoa pode solicitar um Deferred Action para receber autorização de trabalho, até o momento em que seu filho complete 21 anos de idade e possa aplicar para a residência de seu pai ou mãe.
O procedimento para receber um Parole in Place é diferente quando a pessoa está em processo com a corte de imigração. Nesse caso, seu advogado de imigração precisará apresentar um pedidio de encerramento do caso na corte. Se o processo de remoção for encerrado, ai sim ele poderá solicitar um Parole in Place ou um Deffered Action.
Mesmo pessoas com uma ordem de remoção (deportação) final podem se beneficiar deste programa. O Individuo terá que apresentar um pedido na corte de imigração para reabrir o caso e, em seguida, encerrá-lo. Se o pedido for aprovado, poderá apresentar um pedido de Parole in Place(e se necessário Deferred Action) ao USCIS, para depois aplicar para a residência.

Juan Mendoza

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!