[layerslider id="15"]

Os jogos da VIDA

Os jogos da VIDA
19 out 2018

CAPA BRAZILUSA ORLANDO 93Eu não sou fã somente de networking, adoro outras coisas, entre elas jogos de tabuleiro. Hoje falarei um pouco sobre os jogos e sua relação com a vida.
Os jogos de tabuleiro podem ser divididos de várias maneiras, uma delas é como se joga. Existem jogos chamados colaborativos e outros competitivos. Os jogos colaborativos temos que nos unir para alcançar um objetivo comum, onde todos ganham ou todos perdem. Os competitivos, competimos entre nós jogadores para ver quem ganha a partida, pois somente um ganha.
Nos jogos eu sou sempre favorável a jogos competitivos. Estratégias, traições, alianças temporárias… Mas isso é jogo. Acaba ali… A partida do War se encerra e a raiva também. E perdendo ou ganhando, queremos de novo.
Na vida, mais especificamente no networking para a vida, sou absolutamente contra a competição. No networking, o que funciona é a cooperação. O melhor efeito do networking é fazer todos os seus contatos crescerem, terem mais chances. Eles com mais chances aproveitadas, estarão com mais possibilidades batendo a porta e estas possibilidades, se eles também estiverem jogando cooperativamente, passarão oportunidades para o grupo. São todos ganhando contra o tabuleiro, ou no caso, ganhando na vida. Eu ajudei alguém apresentando a casa que ele comprou, ele trouxe no restaurante um grupo que ele conheceu quando conheceu o novo vizinho (eu não teria “ganho” o grupo se não tivesse ajudado o conhecido).
Mas tem gente que acha que a vida é competitiva. Gente que esconde informações do amiguinho. Estas pessoas funcionam como esponja no networking, eles se aproveitam, sugam a informação e não devolvem nada. Até mesmo informações passadas por você, estas informações não voltam. Certa vez, passamos uma estratégia para um amigo de como ele podia aumentar as vendas da loja dele, mostramos, apresentamos um especialista. Deu certo, ele entendeu e começou a fazer, descobriu contatos novos, avisou que descobriu e nunca passou os contatos. Qual você acha que é a chance de eu passar novos contatos pra esta pessoa? E não é só ela quem perde, eu também perco, pois se ela crescesse, poderia passar algo novo pra mim, algo que eu posso não ter tempo de ir atrás para achar, mas se alguém achar, posso usar também.
A minha esposa faz este jogo cooperativo super bem. Tem grupo de apoio que ela se dedica muito e tem muita coisa legal que aparece dali, sem querer, sem cobrar. É o networking funcionando como deve ser, cooperativo. E você, prefere jogos cooperativos ou competitvos? E como faz na vida?

Giuliano Garbi

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete − um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!