[layerslider id="15"]

O que aprendemos com o empreendedorismo na nossa vida pessoal?

O que aprendemos com o  empreendedorismo  na nossa vida pessoal?
13 set 2018

CAPA BRAZILUSA ORLANDO 92Outro dia tive oportunidade de me encontrar com um CEO de uma grande companhia brasileira, ficamos duas horas conversando sobre o mercado norte-americano e principalmente sobre os desafios de se empreender em um país diferente do Brasil, neste caso os USA.
Durante metade de nosso tempo, trocamos idéias interessantes sobre esta jornada chamada empreender, mas foi na última hora do papo que verdadeiramente fomos no cerne da questão. Empreender é um tema batido, existem várias histórias, técnicas e livros a respeito, mas o principal é absorver o conceito e tentar trazê-lo para sua vida pessoal.
Muitas vezes pensamos em empreendedores como personagens maiores que a vida, já que eles assumem grandes riscos. Eles fazem suas próprias regras e quebram muitas outras. Eles inovam e experimentam, questionando coisas que todo mundo considera como garantidas.
E o que devemos aprender com isso?
Primeiramente que a vida é curta e que assumir riscos faz parte do nosso crescimento pessoal. Sem riscos nossa vida se torna monótona e comum. Os riscos podem variar de grau, mas são nescessários.
Paulo Coelho escreveu : “É preciso correr riscos. Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.”
Regras são para serem seguidas, porém podem ser revistas e quebradas a qualquer momento. Usando sempre o bom senso e a relação causa x efeito. São a base para nossa família e nossa vida. Podem ser intrínsecas ou formais. O ser humano precisa de regras, sem regras nosso mundo seria uma perfeita bagunça. Mas estão aí para serem quebradas quando necessário.
“O maior juíz de seus atos deve ser você mesmo e não a sociedade. Aprenda as regras e quebre algumas.” Dalai Lama
Inove sempre, principalmente com a sua família, não se torne previsível. Inovar nas pequenas coisas do lar, nas atitudes, na forma como trata seu próximo, no seu dia-a-dia. Chame o sucesso para fazer parte de sua vida. Acredite no seu potencial criador, seja inovador, treine sua mente para vencer, estipule metas e, principalmente, lute por seus ideais.
Albert Einstein disse: “Se, a princípio, a ideia não é absurda, então não há esperança para ela.”
E por fim, experimente. O novo é sempre interessante, pode ser ótimo, bom ou ruim, mas você não saberá até experimentar. Claro que estamos falando de experimentar algo que seja lícito e não faz o mal. Experimentar trás também uma dose de risco.
“Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.” Luis Fernando Veríssimo.
Isso é a vida!

Claudio Landsberg

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!