[layerslider id="15"]

O PERIGO DOS CARREGADORES EM VERSÃO MAIS BARATA

O PERIGO DOS CARREGADORES EM VERSÃO MAIS BARATA
24 ago 2018

CAPA BRAZILUSA SWFLORIDA ED 22Atualmente, é cada vez mais comum ouvir reclamações sobre os cabos de carregadores. Altamente frágeis e caros, os carregadores originais têm sido substituídos por versões alternativas pelas quais os donos de smartphones e ablets acabam optando para fugir dos altos preços dos originais. Porém, essa réplica “baratinha”, ao invés de resolver um problema pode estar criando outro.
Carregadores originais passam por sérios testes de checagem de qualidade e são atestados por órgãos reguladores de qualidade, seguindo regras sérias de segurança para sua fabricação. Modelos alternativos disponíveis no mercado com preços baixos apresentam, em sua grande maioria, perigos reais. Eles podem afetar o funcionamento do aparelho e, em casos mais preocupantes, machucar gravemente o usuário.
De acordo com a Apple, uma das maiores fabricantes de celular do mundo, cabos falsificados podem provocar encaixes imperfeitos, superaquecimento no conector, erros de sincronização, entre outros problemas.
A organização britânica Trading Standards, que produz campanhas de conscientização sobre segurança do consumidor, divulgou dados preocupantes após testes com carregadores de celular. Em 2016, de 400 cabos da Apple falsificados testados, 397 foram reprovados por quesitos básicos de segurança. O diretor da organização, Leon Livermore, alertou que os riscos poderiam ser fatais, onde esses produtos poderiam prejudicar a casa ou até mesmo a vida de seus usuários.
Além das descargas elétricas, cabos falsificados ou defeituosos, de acordo com o site da organização Electrical Safety First, podem fazer com que os aparelhos esquentem demais e explodam. Carregadores analisados pela instituição mostraram componentes internos mal posicionados, possibilitando o risco de curto-circuito.
Certificação – por exemplo, no Brasil selos da Anatel – dados de fabricação, erros no texto e na logomarca inscritos no produto, materiais e pesos – normalmente produtos falsos tendem a serem mais leves, por estarem ocos por dentro – são alguns dos cuidados que o usuário deve atentar no momento da compra de um novo cabo para não correr o risco de adquirir um produto falsificado. Por via das dúvidas, é melhor não arriscar e se prevenir!

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!