[layerslider id="15"]

Networking

Networking
01 mar 2018

Escutei duas coisas sobre networking estes dias:
“não tenho tempo” e “parece artificial”.

Vamos começar sobre tempo. Em meia hora por dia é possível ajudar seus contatos a se manterem pròximos de você. Seja passando a vista em todos os seus contatos (facebook, celular etc) e tentando achar algo pra cada um deles – especialmente os que você não fala há algum tempo – e aqueles que são os contatos mais importantes no curto prazo.

 

Coloque uma palavra ao lado do seu amigo/conhecido. Isso ajuda a lembrar de algo pra falar com ele(a). Recomendo fazer isso no inicio do dia, quando não estamos cansados após um dia de USA. Por exemplo, você sabe que o amigo gosta de pescar: fale com ele sobre isto.

 

Sobre o contato ser artificial, discuti isso com uma amiga no passado. Ela insistia em querer sentir saudade da pessoa ou que a lembrança da pessoa acontecesse de forma espontânea para ela sentir a vontade de entrar em contato. Até hoje brincamos, cada vez que falo com ela, que foi minha planilha de excel que me “mandou” entrar em contato com ela. Um dos meus argumentos principais é que você pode e deve falar com amigos quando tem saudade deles, mas tem que fazer mais que isso.

 

Networking é uma poupança que devemos cultivar nos tempos de bonança, ou seja, quando não precisamos dele. Temos que falar com as pessoas e ajuda-las quando não precisamos delas. E por isso um sistema de controle nos ajuda. Pode ser uma planilha, um software ou qualquer coisa (como uma agenda) que nos avise que devemos fazer os contatos. E afinal, mesmo que o contato seja causado artificialmente, falar com amigos é sempre bom. Não precisa nem dizer o que falar, basta um lembrete uma vez por semana para entrar em contato com as pessoas da sua lista, e no dia você seleciona com quem.

 

Para terminar estes toques de networking deste mês, queria lembrar que é melhor ter movimentações na sua rede do que não ter nenhuma. Isso quer dizer que é melhor dever um favor a alguém do que nada. O melhor é quando fazemos “aportes” e temos crédito. Mas se não fazemos, o “estar em débito” é muito melhor que não ter movimento. Estar em débito mantêm a rede funcionando, mantêm as pessoas lembrando de nós e nós das pessoas. Networking é movimento na sua rede. Faça acontecer e aumente seu “score social”.

 

Giuliano Garbi.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + quinze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!