[layerslider id="15"]

Miami Freedom Park: o incrível estádio de David Beckham

Miami Freedom Park:  o incrível estádio de David Beckham
02 nov 2018

CAPA BRAZILUSA SOUTHFLORIDA SETEMBRO_OUTUBRODavid Beckham está a frente de um projeto faraônico em Miami. Ele e seus parceiros lançaram irão construir um coMiami Freedom Parkmplexo de estádios e parque no local onde funcionava o Melreese Country Club, um campo de golfe perto do Aeroporto Internacional de Miami, e será (segundo a proposta apresentada pelo grupo) a casa para uma futura franquia da Major League Soccer.
Detalhes do projeto informam que a ideia é construir um estádio com 25.000 lugares; 600.000 pés quadrados de entretenimento, restaurante e espaço comercial; 400.000 pés quadrados de espaço para escritórios; uma instalação de entretenimento de golfe, um novo recurso que não havia sido divulgado anteriormente; 3.750 vagas de estacionamento, a maioria delas subterrâneas, abaixo de 23 acres de campos públicos de futebol; 750 quartos de hotel; e 110 acres de espaço verde aberto. Tudo isso com um investimento de US $ 1 bilhão.
À medida que mais detalhes são revelados lentamente e visuais chamativos circulam nas mídias sociais, ainda restam dúvidas sobre se Miami estaria recebendo um bom acordo nos termos do contrato proposto, se a cidade deveria estar arrendando terras públicas para o desenvolvimento privado de escritórios que poderiam colher um benefício significativo para os desenvolvedores, e se o único campo de golfe de propriedade da cidade de Miami deve ser redesenvolvido.
Em novembro deste ano, os cidadãos irão decidir se a cidade deve negociar um contrato sem lances para a continuidade do projeto. Se o referendo for aprovado, o grupo de Beckham poderá seguir adiante com o seu plano.
Os proprietários da equipe pagariam de US $ 4 milhões a US $ 5 milhões anualmente à cidade e pagariam impostos estaduais, municipais, estaduais e escolares em 73 acres de terra revolvida, estimados US $ 44 milhões em novos impostos anuais em todas as jurisdições.
Miami Freedom ParkOs visuais divulgados no domingo mostram um estádio no lado noroeste do atual local de Melreese, com hotéis e um complexo de escritórios imediatamente a leste do estádio no extremo norte. Um parque corre ao longo do lado leste da propriedade, um trecho de espaço de varejo e restaurante se estende para o sul do estádio ao lado dos campos públicos de futebol no extremo oeste do local. Uma tela grande no exterior do estádio exibia jogos para os visitantes do parque do lado de fora. O espaço do parque incluiria um lago em forma de lágrima com o que parece ser uma costa arenosa.
Enquanto o grupo aguarda o referento, eles já podem comemorar a aprovação da nova equipe na MLS, que já tem nome e escudo. O time será chamado de Inter Miami, com o nome completo Club Internacional de Fútbol Miami. Na divulgação do nome e do escudo, o clube anunciou que eles representam o espírito internacional, diversificado, inclusivo e criativo de Miami. O nome segue uma tendência das novas franquias da liga, com nome mais europeizado. Só que desta vez, em vez de usar sufixos como “United” ou “FC”, o clube de Miami escolheu colocar um “Inter” no nome (e com Inter Miami tenta se aproximar do “Inter de Milão”, como o time é chamado em inglês e português). Beckham disse em entrevista que quer dar um sabor sul-americano ao time. O nome também tem referência em espanhol com o “CF”, de Club de Fútbol, em vez do FC.
O logo é circular em preto com listra rosa, com duas garças brancas com pernas entrelaçadas formando a letra “M” e com um eclipse. Na parte de baixo do logo, o número romano MMXX, em referência ao ano de 2020, quando o time irá começar a jogar na MLS. Apesar do nome longo, já foi apresentado com a versão encurtada de Inter Miami CF.
“Ele simboliza a herança da nossa cidade, a ambição do nosso povo e a solidariedade da nossa comunidade”, diz o comunicado do novo clube. A carta aberta, destinada a torcedores, tem o título de “Liberdade para sonhar”. “Acima de tudo, isso marca outro passo que nós tomamos na jornada de concretizar esse sonho, juntos. Uma jornada que viemos de um longo caminho. Uma jornada que apenas começou”, diz a carta.
O mote do clube é “Libertas, Unitas, Fortuna”, que tem o conceito de liberdade, unidade, solidariedade, inclusão, oportunidade e boa sorte a todos. Jorge Más, que é o sócio-administrador do clube, também falou sobre o nome escolhido pelo clube. “Nossa cidade e nossos torcedores extraem suas forças dos sonhos de uma população global que chama Miami de lar. É justo que nosso nome preste homenagem à inclusão que nos torna quem somos”, disse o dirigente.
Beckham, presidente da equipe, já cogita Zinedine Zidane para comandar seu time na MLS em 2020, ano de estreia do clube no campeonato americano. “Queremos criar o maior clube dos Estados Unidos e isso implica atrair os melhores jogadores. Quem sabe se não o veremos aqui daqui a alguns anos”, destacou o inglês na apresentação do clube que ocorreu no começo de setembro.
O ex-jogador, que atuou por cinco temporadas no Los Angeles Galaxy e tinha em seu contrato uma possibilidade de se tornar dono de uma nova franquia na liga. Agora é esperar pelo resultado do referendo para saber se a equipe poderá seguir adiante da Major League, uam vez que a construção do estário é uma exigência da liga.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 + sete =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!