[layerslider id="15"]

Gordura Abdominal: Como Perder Em 10 Passos (Apoiado Pela Ciência)

Gordura Abdominal: Como Perder Em 10 Passos (Apoiado Pela Ciência)
27 fev 2018

Você já sabe sobre os perigos da gordura abdominal, agora está na hora de colocar em prática atitudes que irão te ajudar a perder essa gordura perigosa e indesejável. Ela é mais do que apenas um incômodo ou uma questão de estética, e sim uma questão de saúde e qualidade de vida.

A gordura abdominal é aquela que se acumula nas camadas profundas do abdômen, envolvendo os órgãos internos como é o caso do coração, fígado, estômago, rins, intestinos e pâncreas, é denominada gordura visceral, e é seriamente prejudicial. Este tipo de gordura é um fator de risco para diabetes tipo 2 e doenças cardíacas, entre tantas outras.

 

Muitas organizações de saúde utilizam o IMC (índice de massa corporal) para classificar o peso e prever o risco de doença metabólica. No entanto, isso é enganoso. Pessoas com excesso de gordura da barriga possuem maiores riscos em desenvolver determinadas doenças, mesmo que pareçam magras do lado de fora. Embora a perda de gordura nessa região pareça ser mais difícil, existem algumas coisas que você pode fazer para reduzir o excesso de gordura abdominal.

 

Separei 10 dicas eficazes que podem te ajudar a perder gordura da barriga, todas apoiada por estudos científicos.

 

  1. Coma Fibra Solúvel

As fibras solúveis absorvem água e forma um “gel” que ajudam a abrandar comida, à medida que ela passa através de seu sistema digestivo. Estudos mostram este tipo de fibra promove a perda de peso, ajudando com a sensação de saciedade, assim você naturalmente come menos.

A fibra também pode diminuir a quantidade de calorias que seu corpo absorver a partir de alimentos. Além do mais, as fibras solúveis também combatem a gordura da barriga. Um grande estudo de observação de mais de 1100 adultos, descobriu que para cada aumento de 10 gramas no consumo de fibra solúvel em suas dietas, o ganho de gordura da barriga diminuiu 3,7 % durante um período de 5 anos.

Por isso, faça um esforço para consumir alimentos ricos em fibras todos os dias. Excelentes fontes de fibras solúveis incluem linhaça, couve de Bruxelas, abacate, legumes e amoras.

 

  1. Evite Gorduras Trans

As gorduras trans são criadas por bombeamento de hidrogênio em gorduras insaturadas, tais como óleo de soja. Eles são encontrados em algumas margarinas, e também são adicionados a alguns alimentos embalados. Estas gorduras têm sido associadas a inflamação, doença cardíaca, resistência à insulina e ganho de gordura abdominal.

Um estudo de 6 anos descobriu que os macacos que comeram uma dieta rica em gordura trans ganharam 33% mais gordura abdominal do que os macacos que comeram uma dieta rica em gordura monoinsaturada.

Para ajudar a reduzir a gordura visceral e proteger a sua saúde, leia sempre os rótulos de ingredientes com cuidado e fique longe de produtos que contêm gorduras trans. Estes são frequentemente listados como gorduras “parcialmente hidrogenado”.

 

  1. Evite O Álcool

O álcool pode trazer alguns malefícios para a saúde. e é seriamente prejudicial se você beber demais. Pesquisas sugerem que muito álcool também pode fazer você ganhar gordura na barriga. Estudos observacionais ligam o consumo abusivo de álcool, com aumento significativo do risco de obesidade central – isto é, o armazenamento de gordura em excesso ao redor da cintura.

Evitar o álcool, pode ajudar a reduzir o tamanho da sua cintura.

 

  1. Tenha Uma Dieta Rica Em Proteínas

A proteína é um nutriente extremamente importante para o controle de peso. A alta ingestão de proteína diminui o apetite e promove a saciedade. Proteínas também aumentam a sua taxa metabólica e ajuda a manter a sua massa muscular durante a perda de peso.

Muitos estudos observacionais mostram que pessoas que comem mais proteína tendem a ter menos gordura abdominal do que aqueles que comem uma dieta baixa em proteínas.

Certifique-se de incluir uma boa fonte de proteína em cada refeição, como carne, peixe, ovos ou nozes.

 

  1. Diminua Seu Stress

Procure Relaxar! O estresse pode fazer você ganhar gordura na barriga, desencadeando as glândulas adrenais a produzir cortisol, também conhecido como o ” hormônio do estresse “. Pesquisas mostram que altos níveis de cortisol aumentam o apetite e favorecem o armazenamento de gordura abdominal. Além do mais, mulheres que já possuem cinturas tendem a produzir mais cortisol em resposta ao estresse.

Lembre-se: o aumento do cortisol aumenta ainda mais o ganho de gordura visceral. Para ajudar a reduzir a gordura da barriga, faça atividades prazerosas que aliviam o estresse. Praticar yoga ou meditação podem ser métodos muito eficazes.

 

  1. Evite Os Doces

Açúcar contém frutose, que é associado a várias doenças crônicas quando consumido em excesso, como doenças cardíacas, diabetes tipo 2, obesidade e doença hepática gordurosa. Estudos observacionais mostram uma relação entre a ingestão de açúcar elevado, e o aumento da gordura abdominal.

É importante perceber que não é somente o açúcar refinado que pode levar ao ganho de gordura visceral. Mesmo açúcares “saudáveis”, como xylitol e a stevia, devem ser usados com moderação.

 

  1. Faça Exercício Aeróbio (Cardio)

O exercício aeróbio (cardio) é uma forma eficaz de melhorar a sua saúde e queimar calorias. Estudos também mostram que é uma das formas mais eficazes de exercício para reduzir a gordura da barriga.

No entanto, os resultados são mistos quando discutimos qual é o mais benéfico: se a intensidade moderada ou o exercício de alta intensidade. Independentemente da intensidade, o importante é se exercitar e procurar ajuda de um profissional capacitado da área.

Pesquisas apontam que mulheres pós-menopáusicas perdem mais gordura em todas as áreas, quando fazem exercício aeróbio durante 300 minutos por semana em comparação com 150 minutos por semana.

 

  1. Corte Carboidratos

Reduzir a ingestão de carboidratos pode ser muito benéfico para a perda de gordura, incluindo gordura abdominal. Dietas com menos de 50 gramas de carboidratos por dia causa a perda de gordura visceral em pessoas obesas e pessoas em risco de diabetes tipo 2.

Outra ideia é simplesmente substituir carboidratos refinados por carboidratos ricos em amido não transformados que podem ajudar a melhorar sua saúde metabólica e reduzir a gordura da barriga.

Pessoas que consomem mais grãos integrais são 17% menos propensos a ter excesso de gordura abdominal do que aqueles que consomem dietas ricas em grãos refinados.

 

  1. Use Óleo De Coco Para Perder Gordura Abdominal

O óleo de coco é uma das gorduras mais saudáveis que você pode comer. Estudos mostram que as gorduras de cadeia média do óleo de coco podem aumentar o metabolismo e diminuir a quantidade de gordura que armazenamos em resposta à ingestão de calorias elevadas.

Ele também pode conduzir à perda de gordura abdominal. Em pesquisas, os homens obesos que tomaram o óleo de coco todos os dias durante 12 semanas perderam uma média 2,86 cm de cinturas, sem alterar intencionalmente suas dietas ou rotinas de exercício.

Para aumentar a perda de gordura da barriga, é recomendado utilizar cerca de 2 colheres de sopa (30 ml) de óleo de coco por dia, que é a quantidade utilizada na maioria dos estudos que relatam bons resultados.

 

  1. Faça Treinamentos De Resistência

O treinamento de resistência, também conhecido como levantamento de peso ou treinamento de força, é importante para a preservação e ganho de massa muscular. Com base em estudos realizados em pessoas com pré-diabetes/diabetes tipo 2 e doença hepática gordurosa, o treinamento de resistência também pode ser benéfico para a perda de gordura visceral.

Na verdade, pesquisas com adolescentes com excesso de peso mostraram que uma combinação de treinamento de força e exercícios aeróbicos levou à maior diminuição da gordura na barriga.

Se você decidir começar o levantamento de peso, é uma boa ideia obter o aconselhamento de um instrutor pessoal certificado.

 

Colunista:  Dr. Juliano Pimentel.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!