[layerslider id="15"]

Etiqueta no trabalho, sim senhor!

Etiqueta no trabalho, sim senhor!
23 fev 2018

Para aqueles que acham que happy hour com colegas de trabalho é mais uma oportunidade para beber e comer bem e de diversão sem limites, cuidado. A descontração pós jornada de trabalho pode ser uma armadilha, portanto, sua postura deve ser sempre profissional, não cometa excessos.

Apesar de happy hour com colegas de trabalho ser uma descontração em que nos permitimos uma maior aproximação de alguns colegas e até do chefe, não se pode descuidar da postura. As atitudes neste tipo de ambiente devem ser as mesmas do ambiente profissional, mas com um pouco mais de leveza.

 

Um comportamento inadequado ou exageros no consumo de bebidas alcoólicas podem ser determinantes para que o funcionário passe a ser malvisto na empresa. Por outro lado, um comportamento adequado, condizente com as regras da empresa, somados a uma conversa agradável com o superior, podem contar pontos a seu favor.

 

O funcionário tem que compreender que está em um ambiente onde, provavelmente, estará sendo observado por alguém que pode demiti-lo, e por isso deve ter atenção. O evento não serve para isso, mas propicia a avaliação do empregado em um momento em que ele acha que não está sendo observado.

E, embora muitos não percebam, estes são excelentes momentos para se atualizar a rede de relacionamentos, pois permitem a aproximação com colegas de diferentes áreas da empresa e de outros profissionais do mercado. Como o clima é de confraternização, as pessoas tendem a ser mais abertas ao contato de colegas que antes desconheciam. E não é de bom tom ultrapassar os limites, em todos os sentidos. Quem sabe não está aí a chance de você mudar para aquela área onde sempre desejou trabalhar ou, quem sabe, receber uma proposta interessante de outra empresa.

 

Os especialistas alertam que a preocupação em se comportar bem nessas ocasiões não deve ser apenas dos funcionários. A etiqueta vale para todos, sem distinção hierárquica. Todos devem ter um comportamento adequado. Porém, afirmam os consultores em recursos humanos, os líderes devem se preocupar muito mais e ter ainda mais cuidado: como atuam como exemplo de suas equipes, neste momento seus liderados também o estão observando e, consequentemente, poderão reproduzir seu comportamento.

 

Vale lembrar o que aconteceu na Salesforce na Confraternização de fim de ano, onde alguns funcionários usaram fantasias inapropriadas, o que causou até a demissão do presidente da empresa no Brasil.

 

Colunista: Rosangela MonteSanto

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 1 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!