[layerslider id="15"]

Dieta Dental. Sim, Isto Existe.

Dieta Dental.  Sim, Isto Existe.
04 maio 2018

De um modo geral, há uma noção básica de que o consumo excessivo de açúcar, principalmente o refinado ou industrializado em conjunto com a falta de higiene oral adequada, é um dos maiores causadores de caries e outras doenças que afetam a boca. Como eu já mencionei anteriormente nesta coluna, a cavidade oral é a porta de entrada principal do corpo humano, portanto é necessário um cuidado muito especial para que ela esteja sempre saudável.
O que pouca gente sabe é que a alimentação exerce um papel fundamental neste processo e os tipos de alimentos que consumimos irão de fato determinar se teremos uma boca saudável ou não.
Sem entrar muito em detalhes darei alguns exemplos. A cavidade oral é colonizada por uma variedade de bactérias que em equilíbrio não nos causarão nenhum mal, porém em abundancia irão gerar doenças. Para que isso aconteça, o meio bucal tem que se tornar ácido, assim se ingerirmos alimentos com maior acidez, como sucos cítricos adicionados de açúcar ou bebidas carbonadas como refrigerantes em excesso, estaremos promovendo um aumento destas bactérias e consequentemente um desequilíbrio. Ao contrário, se ingerirmos comidas e bebidas alcalinas como queijos, agua alcalinizada, etc., estaremos equilibrando este meio e prevenindo possíveis problemas.
Nosso corpo foi desenhado de forma a processar alimentos em sua forma natural muito mais eficientemente do que os industrializados. Se nos alimentarmos de produtos integrais, ricos em fibras, cálcio, minerais e mantivermos a flora bacteriana em equilíbrio com a inclusão de alimentos probióticos (iogurte com culturas ativas, por exemplo), estaremos fortalecendo nosso sistema imune e o corpo como um todo, o que ira definitivamente resultar em uma boca mais saudável com dentes fortes, saliva abundante, rica em minerais e gengivas sadias. O consumo de alimento ricos em vitaminas A, D e K são fundamentais para isso e devem ser levados em conta.
Hábitos saudáveis como exercícios regulares e uma vida mais regrada também irão contribuir para que o rosto e suas estruturas faciais estejam bem. Com a quantidade de informações nutricionais e a variedade de opções saudáveis ao nosso redor temos todas as condições de promovermos o bem-estar que nos fara viver muitos e longos anos.
Ate a próxima!

Dr. Gustavo de Oliveira

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!