[layerslider id="15"]

DEIXE IR!

DEIXE IR!
20 dez 2018

BRAZILUSA ORLANDO GOSPEL 20 CAPANão podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. Êxodo 2:3

A mãe de Moisés, lançou sobre o rio o que era mais valioso em sua vida, seu filho. Um bebezinho indefeso, tão inocente, tão frágil.
Eu, como mãe, imagino a dor, o desespero, a luta que antecedeu o momento em que segurava aquele cesto. Tenho certeza que foi um momento em que ela colocava o cesto no rio, mas em segundos tirava novamente…Eu creio que repetidas vezes ela fazia isso, até criar “coragem”. Era uma decisão cruel, de rasgar o coração de um pai, de uma mãe…
Você consegue imaginar comigo a cena? Dolorida!
O que mais amamos ou queremos, agarramos com toda força em nossas mãos!
“Ninguém toca!”
“É meu!”
“Aqui comigo está seguro!”
Sonhos, planos, preocupações, desejos, ideias (aquelas que achamos ser as “melhores”).
Quantas e quantas vezes agarramos o que está sobre o “nosso controle” com todas as nossas forças e não abrimos mão. E se você sincero, lá no fundo, você até sentiu Deus falando ao seu coração, de diversas formas:
“ Entregue isso pra mim, deixa eu cuidar disso pra você!”
Eu, de verdade, nem imagino o que é o “ISSO” que você precisa entregar pra Deus nesse dia.
Estamos terminando o ano de 2018. Um novo ano chegando…E talvez você tenha segurado em suas mãos, insistindo durante anos e anos algo que tem até deixado teu coração apertado e pesado.
Vamos voltar à história da mãe de Moisés…Sim, depois de muita luta consigo mesma, ela deixou o rio levar aquele cesto, carregando um bebê, o seu bebê.
Naquele momento, a fé dela, fortalecida em Deus, falou mais alto! Ela na prática, experimentou deixar de fato, Deus tomar o controle de suas mãos, e DEIXAR ir… o medo, a insegurança, o autocontrole, e naquele momento uma fé que era de um tamanho de um grão mostarda, tornou-se uma árvore frondosa!!! Deus viu isso, e olha o que aconteceu…
Quando já não podia mais escondê-lo, pegou um cesto feito de junco e o vedou com piche e betume. Colocou nele o menino e deixou o cesto entre os juncos, à margem do Nilo.
A irmã do menino ficou observando de longe para ver o que lhe aconteceria.
A filha do faraó descera ao Nilo para tomar banho. Enquanto isso as suas servas andavam pela margem do rio. Nisso viu o cesto entre os juncos e mandou sua criada apanhá-lo.
Ao abri-lo viu um bebê chorando. Ficou com pena dele e disse: “Este menino é dos hebreus”.
Então a irmã do menino aproximou-se e perguntou à filha do faraó: “A senhora quer que eu vá chamar uma mulher dos hebreus para amamentar e criar o menino? “
“Quero”, respondeu ela. E a moça foi chamar a mãe do menino.
Então a filha do faraó disse à mulher: “Leve este menino e amamente-o para mim, e eu lhe pagarei por isso”. A mulher levou o menino e o amamentou.
Êxodo 2:5-9
Pra onde aquele bebê voltou?? Para os braços de sua mãe!!! Uau!!!
Entregue pra Deus, deixe IR aquilo que você tem segurado por muito tempo, e que você tem lutado sozinho pra continuar no controle!!!
Deus tem o plano perfeito, acredite, Ele tem o melhor, muito além do que você possa imaginar!!!
Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.
Jeremias 29:11
Entregue ao Senhor, deixe ir…na direção da boa e perfeita vontade dEle.
Ele vai te surpreender!

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!