[layerslider id="15"]

Décor luxo

Décor luxo
16 jun 2018

CAPA ORLANDO REAL ESTATE 18O número de turistas que se hospedam em casas de férias no exterior cresce ano após ano e cada vez mais, as pessoas priorizam o conforto, o bem-estar e a tranquilidade.
Esse crescimento em busca de casas de férias é devido a esses fatores.
Estar em uma casa de férias, é usufruir o melhor dos dois mundos, a comodidade de estar em um ambiente familiar, deixando a família confortável com a quebra de horários, com uma piscina privativa, à liberdade de poder cozinhar e outras amenidades e ao mesmo tempo estar de férias, usufruindo da cidade e suas atrações.
Mas se você me perguntar, quando essa tendência passou a ser a preferência do público?
Eu diria que, o público de hoje em dia, vem passando por uma transformação tecnológica e global muito grande nos últimos anos. E isso contribuiu para que a seleção fosse Luxonatural. Cada vez mais exigentes eles buscam a “EXPERIÊNCIA” no sentido de sentir, experimentar, degustar, viver a experiência real.
Para quem já usufrui do luxo e do requinte em seu dia-a-dia, essa exigência se torna prioridade na hora da escolha para uma locação e para quem não vivi ou nunca viveu essa “Experiência” e gostaria de experimentar, é a uma grande oportunidade.
Em ambos os casos o “LUXO” se torna indispensável e é preciso muita criatividade para agradar esse público cada vez mais seleto.
Por um outro lado, os investidores que se posicionam neste nicho do mercado, estão vendo uma grande oportunidade de diferenciar o seu produto das demais casas de férias, tornando-o mais atrativo aos olhos do público, ultrapassando a barreira da competição e tornando-se únicos e exclusivos no mercado.
O luxo é a descrição do bom gosto, do requinte e da sofisticação. Está presente em cada detalhe, desde a qualidade e escolha dos móveis, ao nível elevado da decoração e até nos mínimos detalhes como, lençóis com mais de 1000 fios, adegas com rótulos de vinhos selecionados e mimos deixados para que o cliente usufrua.
E o Luxoque difere uma casa “tradicional” de uma casa “luxuosa” é o somatório desses detalhes e amenidades.
Um projeto de decoração bem elaborado é o ponta pé inicial. Desde a sua concepção, onde cada detalhe é pensado, medido e estruturado para definir e transcrever o luxo e o conceito do ambiente.
Deixar um ambiente luxuoso ou conceitual vai além do valor do investimento. Está nas escolhas certas das paletas das cores, na estrutura e organização dos móveis, nas cortinas sob medida, TVs de 80”, camas em padrão californiano, um mundo high-tech na ponta dos dedos, peças, quadros e móveis assinados, toda uma atmosfera que só o Luxo pode trazer, mas sem o bom gosto, o olhar profissional na hora das escolhas de cada material escolhido e posicionado, de nada adiantaria ter tudo isso nas mãos. É um conjunto de fatores que conceitua cada projeto, e o transforma em seus diferentes níveis.
Dentro da decoração, podemos deixá-lo clean, moderno, contemporâneo, clássico, luxuoso ou convencional. Através da decoração podemos transformar qualquer ambiente em um ambiente inimaginável.
Agora, se você me perguntar: Como eu definiria o viajante que prefere as facilidades de uma casa à hospedagem em um hotel?
A resposta é muito simples, esse público está em busca da liberdade, da autonomia para gerenciar desde a cozinha à roupa, e por estratégia, trazer para a família o que mais se aproxiLuxoma de um lar, sem as formalidades de um hotel.
Focados no laser, procuram experimentar de tudo que o turismo possa oferecer, quando estão em viagem gostam de ir a museus, teatros, as atrações que a cidade lhes oferece, como parques e etc.
Existem vários tipos de turismo: ecológicos, culturais ou históricos. Mas o ponto em comum em todos os casos é o bem-estar e o conforto. E usufruir o que de melhor existe em cada experiência.
Acabamos de concluir o projeto Mega Home, onde nosso desafio era uma casa com 15 quartos, estruturada como um hotel. Um desafio ousado, cada quarto com seu frigobar, Tv, closet, cofre e portas com código digital semelhantes como as configurações dos hotéis.
As áreas comuns teriam que ser pensadas como uma casa de férias, para um público tão eclético quanto as mais diferentes variáveis que poderíamos imaginar, que poderiam usufruir em grupo ou isoladamente as dependências comuns da casa.
Tudo deveria estar criteriosamente ao gosto do cliente e amenidades, desde a organização de um jantar Gourmet com as princesas da Disney até uma palestra motivacional, poderiam fazer parte dessa estrutura. Na Mega Home, o cliente é quem dita as regras e suas preferências são cuidadosamente atendidas.
Atender a esse seleto “Mercado de Luxo” ê uma tarefa surpreendente, porque o nosso maior desafio é sempre encontrar dentro da decoração o ponto de equilíbrio entre o luxo, conforto e a praticidade, sem abrir mão do conceitual.

Flavia Gueiros

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!