[layerslider id="15"]

Cleiton Cardoso, o sucesso de um homem focado no trabalho e na ajuda humanitária

Cleiton Cardoso, o sucesso de um homem focado no trabalho e na ajuda humanitária
15 abr 2018

ORLANDO – Como pode o filho de uma família humilde no Brasil se transformar num dos maiores consultores de negócios dos Estados Unidos? A resposta poderia ser perseverança, mas ela tem nome e sobrenome: Cleiton Cardoso. A história dele é tão boa que poderia gerar um roteiro de filme para Hollywood ou um folhetim de TV, contando apenas os casos de pessoas que deixaram o anonimato e se tornaram empresários de sucesso após seguirem suas orientações.

Cleiton é um dos nomes mais procurados nos Estados Unidos por quem quer mudar de vida. O trabalho que exerce é de orientações em negócios ou um Consultor de Negócios e Investimento Imobiliário, como os seus clientes o identificam.

 

Mas o caminho até se transformar numa referência neste segmento não foi um mar de rosas. Custou muito suor e criatividade.

 

Nascido em Itaquaquecetuba e criado em Curitiba, ele decidiu ainda jovem que seu destino deveria ser escrito longe do Brasil. Aos 21 anos, após ver a família de seu melhor amigo se mudar para o América, ele tomou a decisão de também transformar o rumo de sua vida. Juntou dinheiro, comprou um pacote turístico para a Disney e de Orlando não voltou com o grupo.

 

“Eu sempre quis empreender, fazer mais pelas pessoas e achava que os Estados Unidos me dariam essa oportunidade. De repente, comecei a ver as fotos deste meu amigo numa casa com piscina e, mais tarde, lendo livros e artigos sobre a América do Norte, vi que a vida das pessoas aqui era como eu sonhava desde criança”, conta Cleiton.

 

Assim, depois de desembarcar junto a um grupo de turismo, Cleiton comunicou que não iria voltar para o Brasil. “Imagina o susto da pessoa responsável?”, lembra ele. “Mas eu nunca tinha estado tão próximo de meu sonho e sabia que aquela era a hora.”

 

Como todo imigrante, os primeiros anos foram de muito empenho e trabalho. Cleiton enfrentou por mais de dois anos a rotina de housekeeper numa rede tradicional de hotéis, o Holliday Inn, até conseguir vaga num posto de gasolina. Sua rotina era trabalhar praticamente todos os dias da semana e fins de semana, e recorda que tinha que implorar para ter um “day off”no domingo para poder ir a Igreja Metodista de Kissimme, a qual ele liderava o grupo de louvor logo que chegou.

 

E, trabalhando no posto durante toda a madrugada e ainda conseguindo reunir forças para nos fins de semana ir trabalhar no Resort Lake Buena Vista, conseguiu realizar seu primeiro sonho na América: comprar um Dodge Intrepid. O posto foi também o trampolim para seu próximo emprego, uma agência de remessas de dinheiro, a Flash Remittance. Justamente o local onde toda a transformação de sua vida se concretizaria.

 

O lado empreendedor de Cleiton falou mais alto no escritório da empresa de remessas. Com o jeitinho brasileiro, ele convenceu os donos de o permitir vender alguns produtos ali, aproveitando o entra-e-sai de clientes.

 

Pronto! Estava lançada a pedra inicial da mudança de sua vida.

Cleiton colocou uma prateleira na loja e começou a vender sandálias Havaianas, semijoias e as linhas O Boticário e Natura. Passado um tempo, ele abriu uma empresa e, assim, foi aumentando o negócio.

 

“De pouco em pouco fui ampliando o número de prateleiras, vendendo cada vez mais… e a vida foi mudando”, explica.

 

Antes do fim da primeira década deste século, a vida de Cleiton já era totalmente diferente. O menino que tinha saído de Curitiba com a certeza de que aqui era seu lugar começava a encontrar seu espaço.

 

Em 2012, começando a cansar da área de vendas, começou a trabalhar em um escritório de contabilidade.

 

“Conforme eu aprendia coisas novas, mais eu amava a nova profissão”, conta.

 

Cleiton atribui seu amor à contabilidade a Carol Larson. “Tenho uma eterna gratidão por ela, pela oportunidade que me concedeu. A partir da convivência com ela que encarei desafios e vi o  crescimento profissional que estava a minha frente.

 

Em 2013 ele decide seguir seu próprio caminho abrindo sua empresa de consultoria, Em pouco tempo se tornou um dos maiores experts nessa área. E foi neste campo que sua vida encontrou as diretrizes definitivas, acertando o rumo da vida de muitos empresários.

 

Poderia ser atribuído a Cleiton o mantra “tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado. Empreender não é nada fácil, mas posso dizer que desde o inicio Deus se fez muito presente em cada etapa desde a abertura até o desenvolvimento e crescimento da empresa. Os desafios e dificuldades só me deram mais força para arrojar, criar, aperfeiçoar e ir mais longe do que sempre sonhei, com muita disciplina e esforço. E foi assim que nasceu a Dominium Consulting Services”.

 

Hoje com sete empregados, a empresa não para de crescer e segue na ponta do mercado como uma das preferidas dos empreendedores e com o maior número de solicitações de serviços.

 

Em 2017 abriu a segunda sede da Dominium em Miami, a qual é liderada por seu sócio  Diecson Vilarino, e graças a Deus esta crescendo muito rapidamente.

 

O crescimento da empresa permitiu também que outro lado de Cleiton ganhasse espaço: o da filantropia.

 

“Gosto de ajudar pessoas, trabalhar em causas humanitárias”, conta.

 

O prazer em ajudar é herança da mãe e do pai que ainda moram em Curitiba. “Meu pai é caminhoneiro aposentado e minha mãe dona de casa. Tivemos uma vida simples mas aprendi desde cedo com eles a importância de ajudar as pessoas”, destaca Cleiton.

 

Hoje, aos 39 anos, a vida ganhou ares diferentes. As viagens passaram a fazer parte da rotina do jovem empresário.

 

Porém, bem-sucedido, Cleiton hoje vive sua vida conciliando o trabalho e o prazer e aproveita as viagens para aprender, conhecer gente nova, lugares e comidas diferentes e claro, se divertir. “Adoro festival de música eletrônica, amo as praias de Ibiza e Mykonos e sempre que posso ainda reservo um tempo para road trips, um dos meus programas prediletos.”

 

DNA DE VENCEDOR

 

Que o brasileiro é empreendedor nato não há dúvidas, afinal, dizem que isso está em nosso DNA. Mas para se ter sucesso é preciso uma dose de ousadia e coragem.

 

Cleiton sempre se dedicou inteiramente aos negócios, fossem eles seus ou de seus patrões ainda na época em que dava os primeiros passos na Terra do Tio Sam.

 

Mas se engana quem acha que migrar de empregado para empregador é uma tarefa fácil. Hoje a vida fica facilitada porque existem profissionais como ele próprio. Agora quando você é obrigado a dar os passos e correr sozinho todos os riscos a coisa fica um pouco mais complicada.

 

“Nós buscamos facilitar a vida das pessoas. O mercado exige informação e instruções, e proporciono a meus clientes o caminho para os passos corretos.”

O SEGREDO DO SUCESSO

 

Cleiton enfatiza sempre que o sucesso é consequência de todo o trabalho feito até aqui. De cada passo desde os primeiros dias no Holliday Inn.

 

Como isso é possível? Com perseverança. A palavra-chave é essa.

 

“O sucesso é o reconhecimento do bom trabalho que buscamos desenvolver todos os dias”, completou ele.

 

Para Cleiton, o negócio é baseado em quatro pilares importantíssimos, que ele faz questão de passar para cada um de seus clientes e empregados e cobrar para que sejam respeitados diariamente. “A seriedade que trabalhamos o negócio, a honestidade, a clareza nas informações passadas aos nossos clientes, e claro, o atendimento personalizado que prestamos a cada um”, contou.

 

A visão de Cleiton sobre ele mesmo é de um homem com o coração voltado para Deus, “não sou perfeito muito menos melhor do que ninguém, mas quando fazemos nosso trabalho com amor mais um diferencial se agrega ao serviço, e fazendo tudo como se fizéssemos para nós mesmos estamos não somente alegrando o coração do nosso cliente mas também o coração de Deus, pois eu simplesmente administro aquilo que Ele colocou em minhas mãos.”O seu sucesso é o reflexo do sucesso daqueles que um dia ele ajudou e hoje tem sucesso, e é a soma de seu trabalho com o trabalho de sua equipe, completou ele.

“Me considero bem-sucedido por que sei de onde vim, os caminhos que percorri, onde eu cheguei e aonde ainda irei chegar, pois o trabalho eficiente, competente e honesto pode nos levar a lugares inimagináveis, eu nunca pensei que chegaria até aqui, mas uma vês que estou aqui sei até aonde eu posso chegar se eu realmente quiser e Deus permitir”.

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!