[layerslider id="15"]

Apoio familiar: a chave para fazer florescer talentos – South Florida

Apoio familiar: a chave para fazer florescer talentos – South Florida
08 jan 2018

Aos 19 anos, o jovem Leonardo Bacan já é um fenômeno brasileiro de sucesso nas artes visuais nos Estados Unidos.  Este jovem nascido em Miami vive com seus pais e seu irmão. Ele joga futebol, escuta bossa nova, fala inglês, português e espanhol e é um garoto normal, mas com talento extraordinário. Além de ser reconhecido pelo público em geral, o jovem artista já recebeu prêmios nacionais e internacionais.

No “Senior Year” e no “High School”: o National Young Arts Foundation e o Scholastic Art and Writing Award, os dois prêmios de maior prestigio do país, onde uma média de 300 mil estudantes concorrem anualmente. Ele também foi congratulado com dois prêmios da comunidade brasileira, o Press Award 2016 e 2017, e um no Art Brazil 2017. De acordo com o artista, essas congratulações o ajudaram a definir o que queria fazer como carreira.

Apesar do sucesso, Leonardo afirma que trabalhar com arte e seguir como profissão não é fácil. “É muito difícil manter uma carreira de Artes, requer muitos sacrifícios de todos da família e só a paixão pelo que se faz como é para mim, supera tudo”. O artista conta ainda que o apoio da família foi – e ainda é – crucial  para o alcance de todas as suas conquistas. “O apoio familiar é muito importante na vida da criança, adolescente ou até jovens adultos como eu, estudante de horário integral na faculdade, e que ainda dependem dos pais”.

 

A influência de seu pai também tem sido muito importante em sua vida. “Meu pai é músico e toca instrumentos diferentes. Ele também desenha e teve uma grande influência na minha vida artística”.

 

Todos os dias, quando seu pai o levava no início da manhã para tomar o trem de Doral para Downtown para ir às aulas no Novo Mundo, Leonardo podia ver o nascer do sol do trem. As belas cores do céu foram a inspiração para a premiada série de pinturas abstratas que abriram as portas para a carreira bem sucedida que começou.

 

Desde bem Pequeno, o artista já gostava de desenhar e colorir, destacando-se nas aulas de artes ainda no primário. “Eu comecei a desenhar muito cedo, com lápis de cor e papel”, mas seus desenhos não eram os traços típicos da criança, mas formas e figuras concretas, expressões de como ele podia ver o mundo em sua tenra idade.

 

O fluxo infinito de expressão criativa causou muitos problemas na escola. “Os professores recomendaram que meus pais me colocassem em aulas de arte e minha mãe começou a considerá-lo e aos 11 anos Leonardo fez um teste em Magnet School de Artes e foi nessa escola que descobri a Arte como uma paixão”. O que era encarado como um hobby, acabou se tornando uma profissão quando Leonardo teve que decidir quais as escolas fazer teste e escolher como High School e foi no Senior Year, ano de graduação antes de entrar na faculdade, que ele teve a certeza que queria fazer arte para o resto da vida.

 

O processo de descobrimento como artista ocorreu através das pequenas coisas, da herança familiar, dos mentores e das atividades do dia a dia. O ambientes por onde passava, no trajeto da escola no metrô, também contribuíram para a sua formação artística, afinal a Arte está em tudo que vemos e tocamos.

 

Leonardo se vê como um artista múltiplo. “Faço um pouco de tudo, desenho, artes gráficas e esculturas, mas meu foco passou a ser o Surrealismo Abstrato, usando perspectiva linear e profundidade em paisagens abstratas, incorporando visão geral realista, apresentando obstáculos e como abordar uma solução, deixando espaço para interpretação aberta do espectador”.

 

Leonardo explica que em suas pinturas, a cor é muito importante porque expressam emoções. “Quando eu fiz a primeira pintura nesse estilo, eu estava no trem para a escola, pensando nas questões que me preocupavam naquele momento. Olhando pela janela eu me concentrei nas soluções e chegou a um ponto em que eu poderia organizar e decidir os meus próximos passos. Pude refletir sobre o quão terapêutico foram minhas pinturas e criei uma paisagem que mostrava as belezas dos nasceres do sol que vi do trem e o que eles representavam para mim naquele momento “.

 

Leonardo lança tensões pintando e usando cores para refletir seu humor. “As diferentes composições mostram meu processo de tomada de decisão. Cada pintura tem movimento porque tudo acontece muito rápido: graduação do ensino médio, início da universidade, criação do portfólio, conquista os prêmios nacionais. Eu estava em um ponto que eu não sabia o que fazer com a minha vida e pude expressar essas mensagens em minhas pinturas, mensagens para mim, para encontrar meu propósito”.

 

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho do Leonardo Bacan, acesse o website   www.Leonardobacanart.comVocê também pode encontrá-lo no Instagram @leonardobacanart e no Facebook Leonardo Bacan Art. Ele promete colorir as nossas vidas com alguns shows e exposições, ainda sem detalhes, além de claro se dedicar a um ano escolar de muito esforço para se graduar com o mesmo sucesso e reconhecimento que já tem no mercado.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 8 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!