[layerslider id="15"]

Brasileiros conquistam cada vez mais espaço em território americano

Brasileiros conquistam cada vez mais  espaço em território americano
04 out 2018

CAPA BRAZILUSA ORLANDO REAL ESTATE 21 ´PORA busca por uma oportunidade de vida melhor fora do Brasil não é uma novidade. Porém, devido à grande crise econômica que o país enfrenta, esse movimento intensificou-se.
Quem nunca sonhou em abrir seu próprio negócio nos Estados Unidos? Segundo dados do Consulado Americano em São Paulo, o investimento brasileiro em terras americanas aumentou 89% nos últimos cinco anos e a tendência é que esses números continuem a crescer. As justificativas vão desde a fuga da atual crise econômica que toma conta do país à um ambiente de negócios mais favorável e o desejo de uma melhor qualidade de vida.
Enquanto no Brasil o prazo para se abrir uma empresa é de pelo 100 dias, dependendo do estado, na Flórida, o mesmo procedimento de oficialização demora de dois à quatro dias úteis. A facilidade burocrática faz com que muitos brasileiros abram seu próprio negócio, independente do tamanho da empresa.
A especialista em Direito Empresarial, expansão e internacionalização de negócios, Eliete Negrão, lembra que uma pesquisa realizada pela Hogan Assessments/ Ateliê RH mostrou que profissionais brasileiros e americanos têm muito mais semelhanças que diferenças. No caso dos brasileiros, o estudo revelou que os profissionais normalmente são estáveis emocionalmente e possuem autoestima mediana. Porém, também possuem uma ambição igualmente mediana, indicando uma competitividade contida, além de preferirem o papel de apoiadores, sem a exposição e sem querer controlar as situações.
Por outro lado, no caso dos americanos, ficaram claras as semelhanças com os brasileiros no que tange à sociabilidade, onde os profissionais dos Estados Unidos também são introvertidos e extrovertidos. E, assim como os brasileiros, também preferem agir com prudência e pragmatismo.
Segundo um levantamento feito por dois pesquisadores brasileiros a partir de dados do governo americano, a comunidade brasileira nos Estados Unidos é mais qualificada e está mais integrada que a média dos outros imigrantes no país. Os brasileiros têm uma taxa de desemprego menor e uma renda de domiciliar maior, não só em relação à todos os imigrantes, mas como também aos americanos. Os brasileiros, segundo os dados, tem maior nível educacional que a média de todos os imigrantes.
Eliete Negrão acredita que o mercado nos Estados Unidos passou por uma mudança muito grande em relação à mão de obra estrangeira. Para ela, as empresas começaram a perceber, principalmente em prestação de serviços, que os brasileiros começaram a ganhar cada vez o mercado e a confiança do americano.
“Eu acho que essa transformação e esse mundo novo que o americano vem vivendo, ou seja, recebendo do brasileiro aquela prestação de serviço com uma excelência diferenciada, passou a fazer uma grande diferença no mercado americano. Isso fez com o que o receptivo ficasse muito bom para nós, brasileiros”, explica Eliete Negrão.
De acordo com a especialista, qualquer pessoa pode investir nos Estados Unidos e os brasileiros estão cada vez mais conquistando esse espaço. Para ela, isso ocorre porque o solo americano vem sendo fomentado por um dinamismo e uma inteligência empreendedora trazida por brasileiros. As previsões para quem quer empreender e morar na Flórida são maravilhosas.

Eliete Negrão

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!