[layerslider id="15"]

A Primeira Goiaba – Gratidão

A Primeira Goiaba – Gratidão
07 dez 2017

”A primeira Goiaba”

Durante nossa dolorosa caminhada de dor e saudades, por causa da morte de nosso filho Rafael, que o Senhor Jesus recolher a poucos meses atrás, um criança em forma de homem, que alegrava nossos corações em todo tempo,  que amava viver e que fazia a vida ser mais bela de quem estava ao redor dele,  encontramos varias reações diferentes de pessoas ligadas a nós:

Pessoas que “desapareceram” (talvez por não saberem o que dizer ou fazer; ou mesmo medo de nos machucar); pessoas que perguntavam por escrito “como vão?” (Que, o fizeram com boas intenções); pessoas perguntavam : “estão fortes e firmes?” (Porque, quem sabe, imaginam que por ser pastor eu poderia superar a dor quase que de imediato); pessoas que repetiram: “Deus é fiel”; “Deus está no controle“ (talvez porque já que o Deus fiel e com tudo no controle, resolveu deixar tudo descontrolado no corpo de nosso filho e, em caos a nossa cabeça; pelo menos Ele seria fiel em nos curar…)!

Eram sempre boas intenções, mas nem sempre eram curadoras e bálsamo nas feridas. Houve, contudo vários gestos que nos acalmavam a dor. Gente que batia à nossa porta e deixava comida pra gente. Um casal que nos arrancou por alguns dias da cidade…

Mas gostaria de destacar, entre tantos gestos que foram verdadeiros analgésicos em nossas vidas, um em especial:

Escrevi um texto a um casal de nossa Igreja que um dia foi a nossa casa nos entregar a primeira goiaba que colheram de uma goiabeira que haviam plantado no quintal da casa deles:

“Queridos Serafin e Sonia; queria lhes agradecer por aquela “primeira goiaba” para o Pastor”.

Foi um dos mais lindos, singelos e significativos gestos, atitude ou ação proativa que recebemos em nossas vidas! E, de uma maneira tão especial, num momento de tanta dor que sentíamos (ainda sentimos), você e sua mulher Sonia vão à nossa casa pra nos abençoar com as primícias da goiabeira!

Naquele dia eu os podia ver, como quem estavam indo a presença do Senhor, através de vosso pastor, entregar-lhe as primícias dos frutos que brotaram no chão de vossa casa!

Mas também foi um dos bálsamos mais eficientes que recebemos neste tempo de dor e ausência de nosso filho!

Muito obrigado por vosso amor singelo, palpável, palatável que tanta cura trouxe e ainda traz à minha vida e à vida de Lucinha!

Também sou grato a seu pai que impregnou em vossos corações a lição das primícias!

Seu pai não sabia, certamente não sabia que Lucinha e eu seríamos os alvos deste gesto de amor, deste ato de adoração ao Senhor! Mas, certamente, seu pai sabia que era o certo a ensinar! E o legado dele permanecerá em vossa família por gerações!

Muito obrigado por ser quem são por serem como são !!!

Deus os abençoe de maneira que todas as vossas árvores sejam abundantemente frutíferas em todas as estações de vossas vidas!!!

Muito obrigado pela “primeira goiaba”!!!

Pr. Nivaldo Nassiff

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!