[layerslider id="15"]

Os desafios de se começar a vida na América

Os desafios de se começar a vida na América
07 nov 2018

CAPA BRAZIL USA ORLANDO GOSPEL 18“O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus é o meu rochedo, em quem me refúgio. Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta.” Sl 18.2

Eu sou Wagner Correa, 53 anos, mais conhecido por alguns como Pastor Wagner Capacete, casado com Cida e tenho duas filhas. Minhas experiências no Brasil foram riquíssimas: Participei da organização dos Jogos Universitários Brasileiros e fui convocado para seleção Brasileira nas Olimpíadas Universitária no Japão; pastor, líder e professor na Igreja Batista da Lagoinha em BH, família e escola maravilhosa para mim; Palestrante e pregador no Brasil e em outros países; Docente Local do Haggai; Estava num momento muito especial no Brasil quando eu e minha esposa começamos um tratamento médico. Segundo o Dr. estávamos muito doentes e com no máximo 10 anos de vida se continuássemos naquele estilo de vida. Começamos o tratamento, a orar muito e buscar direção de Deus.

 Tomamos a decisão de deixar tudo e começar um novo tempo, com a possibilidade de termos poucos anos de vida, viemos para América para realizar um sonho, aprender coisas novas e talvez morrer na América. Estamos conseguindo uma mudança significativa na qualidade de vida, contudo os desafios são muitos e gigantescos. Em alguns momentos tudo parecia estar dando errado: a igreja que ia nos receber foi vendida e não existia mais; documentos que desapareceram na imigração; minha esposa foi atropelada; não conseguia casa para alugar; nossa filha de 7 anos com muita dificuldade na escola e com dificuldade de visão; tivemos que mudar para Orlando; um mês dormindo dentro do carro no Rest Area, mas Deus, na sua grandiosa bondade e manifestação, tem cuidado de nós. Deus colocou no nosso caminho a Marroquina Islâmica que nos ajudou muito: Deus levantou pastores Jacksonville que nos acolheram e onde tenho pregado a palavra e treinado lideranças. Levantou amigos que nos hospedaram em suas casas. Deus levantou uma pessoa dentro da imigração para encontrar nossos documentos e dar andamento. O visto saiu em 27 dias. Em Orlando, Deus nos deu novos amigos, que estão abrindo ótimas oportunidades para nós. Estamos podendo servir e treinar pessoas em algumas igrejas e na comunidade. Nossa filha conseguiu o exame de vista e os óculos totalmente gratuito. Minha esposa não sofreu nada no atropelamento. Em novembro, vamos completar 2 anos nos EUA e nossa saúde está melhor a cada dia. Estamos vivendo cada dia na dependência do Senhor em tudo e, acima de tudo, conhecendo muito mais a Deus e a nós mesmos. Louvado seja o Senhor!

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as novidades BrazilUSA

Faça parte de nossos assinantes e receba todas as novidades da BrazilUSA.

You have Successfully Subscribed!